O Hospital e Maternidade Celso Pierro (HMCP), ideal do médico Celso Pierro, completou, em 2009, 30 anos de pleno funcionamento. Oferece, atualmente, empregabilidade direta a 2 mil pessoas. Evoluiu de uma Clínica para um Hospital Terciário, tornando-se referência da Região Oeste de Campinas, que possui cerca de 400 mil habitantes. O Hospital e Maternidade Celso Pierro atende, principalmente, a população dessa região que dependente do Sistema Único de Saúde – SUS.


São vários os motivos pelos quais os colaboradores, médicos, docentes, alunos e usuários são chamados a fazer parte dessa história. Parabéns!


Com o início da Faculdade de Medicina da PUC-Campinas, em 1976, surgiu a necessidade e o desejo da construção de um Hospital-Escola para a formação de médicos que desenvolvessem suas atividades nas comunidades desprovidas de recursos. O médico Celso Pierro adquiriu, em 1973, um terreno na Avenida John Boyd Dunlop, nas proximidades da Rodovia Anhanguera, e iniciou a construção da ‘Cidade da Saúde’, em uma área de 5 mil metros quadrados.

Com o falecimento do Dr. Celso Pierro, em 1977, a família do médico não teve condições de dar prosseguimento ao seu ideal. Dessa forma, doou a Clínica construída na ‘Cidade da Saúde’ para a Pontifícia Universidade Católica de Campinas, que assumiu a dívida da construção e comprou a grande área circundante, em que passaram a funcionar as Faculdades de Medicina, de Enfermagem e de Odontologia. Os filhos do falecido médico solicitaram para que fosse dado o nome CELSO PIERRO ao Hospital, pedido prontamente atendido pela Universidade. Na época, os representantes da reitoria sugeriram, ainda, que se prestasse uma homenagem ao ilustre médico. Foi construído um busto e colocado no jardim, em frente à entrada principal do HMCP.

Após a aquisição do terreno pela PUC-Campinas, teve início, imediatamente, a ampliação da Clínica já existente, resultando, atualmente, em uma área construída de 28 mil metros quadrados.

O funcionamento do Hospital e Maternidade Celso Pierro teve seu início em 1978, com 150 leitos. Ele foi sendo ampliado, gradativamente, de acordo com suas necessidades. Possui, atualmente, 355 leitos, sendo 243 destinados ao atendimento de usuários do convênio do Sistema Único de Saúde (SUS), com capacidade instalada para 400 leitos. Em 1979, foi realizada a primeira intervenção cirúrgica, contando com a participação do Dr. Hélio de Oliveira Santos.

Além de integrar as 10 Faculdades do Centro de Ciências da Vida (CCV) da PUC-Campinas, com o objetivo de melhor formação do aluno, o Hospital-Escola, é caracterizado como um grande polo de atendimento, sendo referência regional e nacional em diversas áreas.

Prestar atendimento de qualidade na área de saúde e contribuir para a promoção do conhecimento, considerando sua orientação cristã e seu caráter de Hospital Universitário.

Ser reconhecida como Instituição de excelência no atendimento humanizado aos pacientes, na qualificação de profissionais e que busca a autossustentabilidade.

Ética, responsabilidade social, conduta humanitária, competência técnico-científica, aperfeiçoamento contínuo, realização dos colaboradores, satisfação do cliente.

posso ajudar?